BLOG

Entrevista com ALYCIA DEBNAM-CAREY (Alicia)

01_Alicia

Quem é Alicia?

Alicia Clark é realmente a única estável na família Clark. Kim Dickens que interpreta Madison é, essencialmente, a rocha da família, mas ela está lidando com seu filho, que é um viciado em heroína, perdeu o marido e está passando por seus próprios problemas. Então, Alicia tem sido realmente uma espécie de solitária e auto-suficiente por um longo tempo. Ela sente a necessidade de compensar talvez pelas lutas de todo mundo. Ela é uma boa menina, inteligente, pronta para terminar a escola e sair de casa.

Acho que a coisa interessante com Alicia, nesta circunstância, é que ela tem um plano para sua vida. Ela sabe onde ela quer chegar; ela sabe que quer se mudar e começar sua própria vida e se sentir como sua própria pessoa. Uma grande parte dos holofotes foi tirado dela e focado em Nick, por causa do vício, então ela quer sair dessa. E as pessoas vão se identificar com ela, porque ela tem um plano para sua vida que desmorona completamente em face ao que começa a acontecer à sua volta. Assim é a vida real.

04_Dave_Erickson

Como é a dinâmica familiar para Alicia?

Eu acho que ela se sente muito presa nesta cidade e nesta dinâmica familiar que é extrema em muitas maneiras. Este é um dia de uma família moderna. Você não necessariamente tem o que é considerado uma família nuclear. É uma família monoparental, com uma figura do pai ausente e um irmão viciado em heroína, que está à solta.Por isso é uma ambiente muito quebrado, realmente.

Do que se trata o programa?

Fear the Walking Dead é uma série sobre a dinâmica familiar em meio a circunstâncias pré-apocalípticas. O que acontece quando a sociedade se desintegra e o mundo desmorona e como as pessoas lidam com ele. Eu acho que o que é diferente nesta série da original é que está centrada em torno do que aconteceu antes, e como chegou a esse estágio de gravidade, e o que acontece quando todas as estruturas – energia elétrica, transporte, governo, medicina e todos os outros fundamentos – apenas desaparecem. Esse é um lugar muito interessante para começar o show.

Qual é a diferença entre Fear e The Walking Dead?

Com The Walking Dead, há uma sensação muito provincial, porque é muito rural. Fear acontece em uma das maiores cidades os EUA – e que a torna assustada. Se o apocalipse vier a acontecer, seria pouco provável que muitas pessoas seriam capazes de sobreviver em uma cidade tão grande. Los Angeles é um grande pano de fundo para que isso aconteça; é muito urbano e as pessoas podem identificar-se dessa forma. Este show retrata tudo sobre os seres humanos e como eles sobreviveriam e o que eles fariam uns aos outros para sobreviver, e isso para mim é a viagem psicológica mais incrível para testemunhar. As pessoas vão fazer o que for preciso para manter seus parentes e assegura-se de que nunca vão ficar velhos.

02_Alicia

Descreva o relacionamento de Alicia com seu irmão, Nick.

Eles sempre tiveram uma ligação de irmãos. A perda do pai levou Nick ao caminho extremo do uso de drogas, e isso separou os irmãos. Eu acho que para Alicia, a perda de seu pai, e agora a perda do irmão para as drogas, tornou-se difícil para que ela possa confiar e se abrir com as pessoas. Mas, ao mesmo tempo, Nick e Alicia compartilham essa perda e ninguém mais sabe o que eles sentem, e de certa maneira, este fato, os mantém ao lado de um do outro.

Como é que Alicia se sente sobre sua mãe, Madison?

Temperamental. A relação entre uma mãe e uma filha adolescente é sempre tumultuada, mas, essencialmente, é uma boa relação. Há uma unidade familiar muito forte entre Nick, Madison e Alicia, mas eu acho que está quebrada pelas circunstâncias. É difícil porque Madison teve que dedicar muito mais atenção em Nick e seu vício, e por isso ela exige muito mais de Alicia, sem necessariamente saber. Ela está colocando seus próprios sentimentos e peso sobre Alicia, e Alicia teve que suportar o peso um pouco mais do que todos os outros.

Como você acha que seu personagem vai lidar com o que está por vir?

Com qualquer personagem há um caminho a seguir. Provavelmente porque Alicia começou não tão forte, e o declínio para ela vai ser muito pior. O que está por vir em episódios futuros é aquela sensação de que nada vai ser normal. Ela não pode confiar em mais nada.